terça-feira, 5 de junho de 2012

A Internet em Portugal 2012

O Observatório da Comunicação publica o estudo: A Internet em Portugal 2012.


"Em termos de acesso, os portugueses não são, ainda, internautas móveis por excelência. Veja-se que apenas a banda larga móvel (USB) atinge percentagens significativas (25,4% dos inquiridos). Banda larga em tablet e smartphone são tipos de acesso percentualmente residuais em Portugal (ambos com percentagens residuais). O preço deste tipo de hardware, bem como os custos do acesso justificarão, pelo menos parcialmente, estes valores reduzidos. No entanto, as literacias para os media ao nível do uso destes equipamentos poderão justificar, também,  estes valores, na medida em que são necessários conhecimentos diferentes e potencialmente mais complexos para lidar com os novos aparelhos e formas de acesso".

Para descarregar em formato pdf

Sem comentários:

Publicar um comentário